Tai chi e a Terapia Corporal

Mão e beija flor

“Cada um de nós tem uma escolha: continuar a se identificar com velhos padrões ou se reorganizar. Podemos viver intensamente e crescer emocionalmente ou podemos viver uma vida que nunca muda. Se sentimos as conexões que vão do interior de nossos corpos para o mundo exterior e da superfície para a profundidade, podemos reexperimentar essa profundidade corporal e emocional em nossa vida diária.”
(Stanley Keleman, criador da Psicologia Formativa – uma abordagem calcada na noção do corpo enquanto um processo somático constantemente formando a si mesmo)

“Nosso corpo somos nós! É nossa única realidade perceptível. Não se opõe à nossa inteligência, sentimentos, alma. Ele os inclui e dá-lhes abrigo. Por isso, tomar consciência do nosso próprio corpo é ter acesso ao ser inteiro… pois o corpo e espírito, psíquico e físico, e até força e fraqueza, representam não a dualidade do ser, mas a sua totalidade.”
(Thérèse Bertherat, escritora, fisioterapeuta, terapeuta corporal, criadora de novos métodos terapêuticos, autora, entre outros livros, de ‘O corpo tem suas razões’)

“A Psicologia Formativa concebe o corpo como um processo vivo, subjetivo, evolutivo, em contínua transformação e organização de si mesmo. Somos criaturas corporificadas e passamos por uma série de formas ao longo da vida, um contínuo de transformações do nascimento à morte. Estas formas são parte de um processo organizador que “corporifica emoções, pensamentos e experiências em uma estrutura”. O ser humano é simultaneamente biológico, pessoal e social. O corpo humano é emocional, cognitivo, linguístico e cultural. Toda experiência humana é necessariamente corporificada e está fundada em uma organização anatômica. Isto inclui o sentir, o pensar, o imaginar e o sonhar. Concebemos anatomia como uma realidade pulsante, multidimensional, rítmica, plástica e em constante movimento; de forma alguma uma estrutura estática.”
(Pensamento de Stanley Keleman e seu conceito de corpo, apresentado por Leila Cohn no artigo ‘Anatomia Emocional’)

Um comentário sobre “Tai chi e a Terapia Corporal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s